Unidade Móvel de Saúde leva atendimento a comunidades em julho

A Unidade Móvel de Saúde leva atendimento, neste mês de julho, a comunidades de quatro diferentes locais da Capital: Vila Dique, Estrada das Quirinas, Fundação Pão dos Pobres e bairro Lageado. O atendimento ocorre sempre das 9h às 12h e das 13h às 16h e é prestado por equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf). 

Nas quintas-feiras, dias 11, 18 e 25, a Unidade Móvel de Saúde (UMS) estará estacionada na Vila Dique, ofertando exames preventivos, encaminhamentos para mamografia, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites e teste de gravidez. Nos dias 16 e 30, terças-feiras, será a vez da comunidade da Lomba do Pinheiro ser atendida, na Estrada das Quirinas, zona Leste da Capital.

Foto: Robson da Silveira/SMS PMPA

No dia 31 de julho, quarta-feira, o atendimento será realizado na Fundação Pão dos Pobres (rua da República, 801 – Cidade Baixa). Já na última sexta-feira do mês, dia 26, a unidade móvel estará no bairro Lageado, Extremo-Sul de Porto Alegre.

A UMS circula pela Capital, atendendo principalmente as regiões de difícil acesso, com moradores impossibilitados de receber atendimento médico ou que não conseguem se deslocar até uma unidade de saúde. A estrutura comporta uma equipe de Estratégia de Saúde da Família, com capacidade para realizar consultas médicas e atendimentos de enfermagem, oferecer vacinas, curativos, procedimentos e medicamentos, além de exames rápidos e outros atendimentos para usuários do Sistema único de Saúde do município.

Cronograma da Unidade Móvel de Saúde:

Vila Dique – Dias 11, 18 e 25 de julho, das 9h às 12h e das 13h às 16h, em frente à Escola Municipal de Ensino Fundamental Migrantes (av. Severo Dullius, 183).
Estrada das Quirinas, área rural da Lomba do Pinheiro – Dias 16 e 30 de julho, das 9h às 12h e das 13h às 16h, na Estrada dos Quirinas, 1240.
Fundação Pão dos Pobres (rua da República, 801 – Cidade Baixa) – Dia 31 de julho, das 9h às 12h e das 13h às 16h.
Bairro Lageado, Extremo Sul – Dia 26 de julho, das 9h às 12h e das 13h às 16h, na av. Lageado Costa do Cerro, 59 (ao lado do Esporte Clube Lageado).

Fonte: IMESF

Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Atenção Integral às Pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis

Novo Protocolo de IST atualiza condutas e tem pela primeira vez capítulo sobre saúde sexual.

Objetivo é facilitar a conduta dos profissionais de saúde para o cuidado integral das pessoas com infecções sexualmente transmissíveis.

Pesquisadores removem vírus HIV do genoma de animais vivos

Um estudo divulgado no dia 2 pela prestigiada revista científica Nature apontou um caminho que pode levar à cura da aids. Isso porque pesquisadores dos Estados Unidos conseguiram remover o vírus HIV do genoma de animais vivos. 

A pesquisa — que pode ser acessada na íntegra no portal da publicação —foi liderada por cientistas da Escola de Medicina da Universidade Temple, no estado da Pensilvânia, e do Centro Médico da Universidade de Nebraska, envolvendo técnicas de edição de genes. Os testes foram realizados em ratos de laboratório. 

Os resultados foram animadores porque, diferente dos tratamentos que impedem a multiplicação do HIV, indicaram a possibilidade da doença ser eliminada definitivamente do organismo. 

Duas técnicas foram usadas pelos cientistas. Uma delas, chamada de Laser Art, manipula medicamentos convencionais para facilitar o acesso das drogas às membranas —  onde o vírus se isola — e retardar a dispersão do material, garantindo que ele acompanhe o ciclo do HIV.

Testes em primatas

Com a segunda técnica (Crispr), foram editados os genes das células infectadas que não foram captadas pelo Laser Art. Com os dois processos combinados, o vírus foi eliminado em 30% dos 29 ratos usados na pesquisa.

A segunda fase de testes, segundo os autores do estudo, está sendo realizada com primatas. Caso se mostre novamente bem-sucedido, o processo poderá ser repetido em humanos. 

Fonte: GaúchaZH Saúde

Fim da exigência de reavaliação pericial a aposentados por HIV/Aids

Portadores de HIV/Aids aposentados por invalidez estão dispensados de reavaliação pericial. A regra está prevista na Lei 13.847, publicada na sexta-feira (21) no Diário Oficial da União.

A norma foi promulgada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, depois que o Congresso rejeitou, no dia 11 de junho de 2019, o veto total (VET 11/2019) ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 188/2017, aprovado em abril.

O texto foi proposto pela Articulação Nacional de Saúde e Direitos Humanos, uma entidade que luta por direitos das pessoas que vivem com HIV/Aids. Apresentado pelo senador Paulo Paim (PT-RS), o projeto foi aprovado na forma de um substitutivo do senador Romário (Podemos-RJ).

O argumento da proposta é de que que a pessoa aposentada por invalidez já passou por diversos períodos de auxílio-doença, o que atesta a degradação de sua saúde e a irreversibilidade dessa condição.

Fonte: Senado Notícias

Tuberculose provoca uma em cada três mortes relacionadas à AIDS no mundo

Mesmo que a tuberculose (TB) seja evitável e curável, ela ainda é a infecção que causa o maior número de mortes em todo o mundo, eliminando mais de 4,4 mil vidas por dia.

A tuberculose também continua sendo a principal causa de morte entre as pessoas que vivem com HIV, causando uma em cada três mortes relacionadas à AIDS. O relato é do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS).

Mesmo que a tuberculose (TB) seja evitável e curável, ela ainda é a infecção que causa o maior número de mortes em todo o mundo, eliminando mais de 4,4 mil vidas por dia.

A tuberculose também continua sendo a principal causa de morte entre as pessoas que vivem com HIV, causando uma em cada três mortes relacionadas à AIDS. Continue lendo

“Prazer Consentido”, o curioso preservativo argentino

Com o objetivo de lembrar que “Se não te dizem que sim, é um não”, o preservativo possui uma embalagem diferente, podendo ser aberto apenas usando quatro mãos.

Para a marca de preservativos Tulipán, o mais importante durante as relações sexuais é o consentimento, sendo assim, esta embalagem só se abre quando duas pessoas pressionam, ao mesmo tempo, os pontos nas laterais da caixa.

A iniciativa teve grande repercussão nas redes sociais, fazendo a empresa pensar em expandir o “preservativo do consentimento”, mas sem o colocar à venda. 

A Tulipán já distribuiu gratuitamente cerca de 2000 embalagens em bares e restaurantes de Buenos Aires.

Fonte: P3

Dia dos Namorados terá exames no Largo Glênio Peres

Testes rápidos para detectar doenças sexualmente transmissíveis estarão disponíveis no Largo Glênio Peres, junto ao Mercado Público Central de Porto Alegre. Nesta quarta e quinta-feiras, 12 e 13, seis espaços com exames gratuitos e sete consultórios de atendimento estão disponíveis à população, com resultados em apenas 30 minutos e orientações de profissionais da área da saúde. A ideia da campanha Espalhe amor. Compartilhe cuidado. é aproveitar o Dia dos Namorados para estimular o cuidado com a própria saúde e de quem se gosta.

Campanha Espalhe amor compartilhe cuidado no Largo Glênio Peres.
Foto: Cesar Lopes/ PMPA

Das 9h às 17h, a programação inclui orientações de prevenção, distribuição de preservativos e atividades interativas. A campanha de conscientização promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) destaca a importância dos testes rápidos para identificar a presença de infecções sexualmente transmissíveis e, em caso de contágio, dar início ao tratamento o mais cedo possível. Além disso, enfatiza o uso de preservativo na relação sexual, já que usar camisinha ainda é o método mais seguro para evitar a transmissão.

O objetivo das ações é reduzir as taxas dessas infecções na capital gaúcha. Os testes rápidos também são disponibilizados à população nas unidades de saúde de referência, incluindo pessoas em situação de rua.

Campanha pelo Dia dos Namorados no Largo Glênio Peres
Espalhe amor. Compartilhe cuidado.
Quarta e quinta-feiras, 12 e 13 de junho, das 9h às 17h
Testes rápidos gratuitos e orientações de prevenção para infecções sexualmente transmissíveis

Fonte: IMESF